Technology and Craftsmanship

tecnologia e acabamento

Tecnologia do começo ao fim


A Embraer se transformou em uma das fabricantes líderes de aeronaves empresariais, comerciais e de defesa ao adaptar as tecnologias mais recentes para atender às demandas rigorosas de alta utilização e custos operacionais baixos que destacam nossa aeronave da concorrência.

Usando ferramentas de realidade virtual de ponta em todo o processo de design e desenvolvimento, a aeronave da Embraer estabelece novos padrões em desempenho e conforto, redefine expectativas de ciclo de vida e mantém os mais altos níveis de controle de qualidade para cada componente.

Este comprometimento com o avanço tecnológico é tangível em cada nível, seja na precisão de nossas cabines de comando, na qualidade de nossa linha de produção, no silêncio de nossas cabines ou na eficiência e facilidade de nossos procedimentos de manutenção. Tudo isso é conduzido com uma valorização atenciosa dos sucessos anteriores da aviação, que nos fornece o conhecimento e sabedoria para incorporar apenas as melhores ideias - em vez de apenas as últimas ideias - em cada um de nossos designs.


Tecnologia no design da aeronave


Na fase conceitual do design da aeronave, a Embraer aplica a Dinâmica dos Fluidos Computacional - comumente referida como CFD -, que usa métodos numéricos para simular e analisar o fluxo aéreo, e calcular as forças sobre a aeronave virtual. O modelo da aeronave digital é ajustado até que os objetivos de design sejam idealmente conquistados.

Um modelo em escala reduzida da aeronave é enviado para uma campanha de teste do túnel aerodinâmico, em que medições das forças aerodinâmicas são coletadas com uma matriz de instrumentação para obter dados de desempenho.


Dinâmica de Fluidos Computacional - Jatos corporativos

Tecnologia em desenvolvimento da aeronave


Cada aeronave é criada digitalmente com CATIA V5, o sistema de gestão do ciclo de vida do produto líder da indústria. Mais de 100 fornecedores se juntaram a centenas de engenheiros da Embraer para a Fase de Definição Conjunta, ou JPD, em que o Centro de Realidade Virtual se torna o hub da revisão de projetos críticos, para garantir a integração simplificada de sistemas e componentes. O resultado é um design de aeronave de produção.

Durante o JDP, a Embraer e os engenheiros de nossos fornecedores conduzem análises espaciais dos sistemas e componentes, para maximizar a eficiência do design da aeronave, os componentes, desempenho do sistema e a manutenção durante o ciclo de vida da aeronave.

Tecnologia no desenvolvimento da aeronave
tecnologia e acabamento


Tecnologia na fabricação da aeronave


As estruturas principais de uma aeronave são construídas com uma máquina de rebitagem automática. Mas antes que um único rebite seja colocado, a fabricação de todas as peças principais já foi simulada em um sistema de fabricação 3D digital com software de controle numérico virtual. Com base nos resultados da simulação, os detalhes do design são aperfeiçoados, para maximizar a qualidade e o desempenho da máquina.

Antes da linha de montagem de ferramental ser feita, o design já foi avaliado no simulador virtual. A fabricação das peças principais também é simulada para garantir as análises de otimização e viabilidade da produção dos componentes. O controle de qualidade aplica tecnologia laser e de ultrassom.

Uma linha de montagem sem papel confia unicamente nos dados em tempo real para garantir a conformidade do processo, ciclo, design e qualidade durante toda a produção da aeronave.

Tecnologia nos materiais da aeronave


A excelência metálica e a de compósitos são prioridades para a Embraer. Os jatos Phenom foram a primeira aeronave da empresa a ter peças principais em materiais compósitos, como fibra de carbono. Os compósitos são curados em autoclaves, que proporcionam resultados da mais alta qualidade, e permitem uma redução de peso e uma maior resistência contra a corrosão e fadiga. Cerca de 16% do peso estrutural do Phenom 300 é composto de material de compósitos, incluindo o bico da aeronave e o estabilizador vertical.

A Embraer também é conhecida por sua experiência na super formação de alumínio. Por exemplo, a fuselagem traseira da curvatura do Phenom 300 favorece o fluxo aéreo ao redor de seus motores. Apesar desta peça também poder ser fabricada com material de compósito, a Embraer optou por alumínio para maximizar o desempenho da aeronave, assim como sua manutenção.

Os Centros de Excelência em Materiais Metálicos e de Compósito da Embraer estão localizados em Évora, Portugal, onde a pesquisa e desenvolvimento desses materiais resultou nas melhorias no design da aeronave.


Tecnologia e aeronave executiva
tecnologia e acabamento

Tecnologia no teste da aeronave:
Iron Bird, simulador de voo, sistemas de controle ambientais


Muito antes de uma aeronave decolar, bem mais de 20.000 horas de teste dos sistemas são conduzidas em plataformas que replicam aviônica, sistemas elétricos e hidráulicos da aeronave. Essas plataformas são integradas, formando o Iron Bird.

O Iron Bird abriga a cabine de comando, que serve como o simulador de voo para os pilotos de teste realizarem milhares de voos para testar rigorosamente sistemas em todas as fases de voo. Dados reais dos testes de voo da aeronave são inseridos no simulador Iron Bird, para melhorar a precisão do comportamento e resposta da aeronave. Após a certificação da aeronave, estes dados também são usados nos simuladores de treinamento de voo, maximizando o realismo da simulação da aeronave.

O conforto premium também é um vetor essencial do design da aeronave executiva da Embraer. Para a melhor experiência de voo, o conforto ergonômico dos passageiros é complementado com o Sistema de Controle Ambiental (ECS), que gradualmente pressuriza a cabine quando o avião sobe para a altitude de cruzeiro. Durante o voo, o ECS garante que o fluxo, a temperatura e a qualidade do ar na cabine sejam tão confortáveis quanto um dia de primavera no topo das montanhas.


Tecnologia na cabine – IFE, Mobile


O sistema de entretenimento a bordo inclui um sistema de vídeo de alta definição, som surround 5.1 e várias opções de entrada de áudio e vídeo. Conectividade com internet e integração com todo o entretenimento moderno, sistemas de vídeo game, mobilidade e sistema de gestão da cabine estão na ponta dos dedos dos passageiros, seja em um celular, tablet ou iPad.


Tecnologia na cabine de comando – FBW, suíte aviônica Rockwell Collins mais avançada, HUD e EVS


O Legacy 500 é a primeira aeronave executiva no segmento midsize com tecnologia fly-by-wire completa, apresentando controles de voo com manche lateral, que melhoram a precisão e eficiência de voo, e garantem uma experiência de voo tranquila para os passageiros. A suíte de aviônica Rockwell Collins Pro Line Fusion de ponta, com telas LCD de alta resolução com 15,1 polegadas, possui capacidade para operações sem papel, com planejamento de voo gráfico, gráficos e mapas digitais e sistema de visão sintético. 


Cabine de comando do jato Legacy 500 de categoria biz

O Sistema de Visão Melhorada da Embraer (E2VS) apresenta Head-Up Display (HUD) com capacidade de visão melhorada e sintética embutida.

tecnologia e acabamento

Tecnologia no suporte – FlyEmbraer & AHEAD


FlyEmbraer é o único ponto de referência para as soluções de suporte do cliente da Embraer, desde publicações técnicas até treinamento e suporte de campo, peças e manutenção. As informações operacionais são essenciais para o suporte do cliente, para solução de problemas e para o agendamento da manutenção. Publicações técnicas também são acessíveis aos clientes e para técnicos do suporte de campo garantirem atendimento imediato e eficaz para a aeronave.

Para agilizar a disponibilidade de dados de voo para cada área de suporte, a Embraer desenvolveu o AHEAD (Diagnóstico Avançado e de Saúde da Aeronave), um sistema que usa dados de voo para conduzir todas as áreas de suporte, desde a atualização do agendamento de manutenção até o envio de técnicos de suporte de campo e peças para inspeção, solução de problemas ou reparo da aeronave.

No Legacy 500, o sistema de aviônica Rockwell Collins se conecta facilmente com o AHEAD, para fornecer dados de voo em tempo real ou após o pouso.


Herança da tecnologia aeroespacial


Ainda que a Embraer Executive Jets esteja completando apenas uma década, a tecnologia que vemos em cada aeronave nova carrega o DNA herdado dos 45 anos de experiência da empresa na aviação comercial e de defesa. A tecnologia fly-by-wire apresentada no Legacy 500 e no Legacy 450 resulta da primeira experiência da Embraer com a fly-by-wire, no projeto caça AMX, no final da década de 1980. 

A fly-by-wire mais avançada está voltando para a Defesa e Segurança da Embraer na nova aeronave KC-390, e logo será implementada na próxima geração de E-Jets E2 da aviação comercial da Embraer.


Jato corporativo Legacy 500